08 outubro, 2011

FALANDO COM MORCEGOS


Ando dispersa
sumo, apareço...
tento resgatar laços
e descubro que alguns são verdadeiros nós!
tenho vivido mais no facebook,
mas aqui a vida tem um outro sentido.
algo que vai além
do correr de olhos pelo texto.
e é aí que eu sou supreendida!
*
todos temos perdas.
de algumas nos recuperamos mais rapidamente
outras, nos deixam mutilados - forte a palavra?
mas é assim que é quando perdemos amores fundamentais.
15 anos se passaram
e eu ainda sinto uma saudade gigante da minha mãe.
3 anos e meio se passaram
e eu eu ainda sinto falta da mão de marido Mauro (mM)
segurando firme a minha...
1 ano e 9 meses se passaram e eu sinto saudade da voz do meu pai
me dizendo "ô, minha caçulinha, vc veio!"
amores insubstituiveis, que me tornaram a pessoa que sou hoje
não lamento as perdas e nem há tristeza em mim.
apenas saudade... e nostalgia.
Obrigada, Dil, pelo carinho e pela sensivel delicadeza do comentário.
Creio que a melancolia musical 100pre nos acompanhará,
porque nossa vida tem trilha musical especifica para cada episódio!
Abraço da fã do Morcegos!

3 comentários:

Dilberto L. Rosa disse...

Meu Deus, eu jurava já ter deixado meu comentário por aqui, mas,pelo visto, não...

Menina, um minuto de silêncio (sincero): pelas tuas perdas tão duras e tão sentidas; e pelo carinho de que me sinto honradíssimo (até reli meu comentário, não vi nada de mais nele, mas fico feliz de ele ter te tocado ao ponto de me "homenagear" de forma tão bela - obrigado do fundo do coração!)!

Continue assim, a sorver da Música a essência bonita daqueles que só te deixaram fisicamente, mas que, tenho certeza, brincam e conversam muito contigo contigo em teus sonhos!

Meu abraço carinhoso de obrigado (fiquei tocado, de verdade) pela citação e, já que és "fã", jamais deixe de visitar meus humildes Morcegos: eles são fãs de teus comentários!

P.S.: e volte logo a postar coisas novas! Já!

Camille disse...

Oi Luci, vi um comentario seu no MorcegoS entao passei para te ver. E ai vejo esse texto. Voce me emociona amiga. Nossa, gostaria de pegar na tua mão e dizer que voce tem amigos de verdade, apesar de virtuais por aqui. E que podem ser reais, carne e osso na hora que voce quiser. Venha a SP receber o meu abraço e receba ai tb em pensamento. Sei que a vida tem sido dura pra ti. Mas o tempo ha de curar tudo, tudo, voce vai ver. Beijao e aguarde que muita felicidade vem por ai.
Cam

David C. disse...

así es la vida, la cuestión es siempre seguir adelante.