08 novembro, 2011

EU, A ATRASADINHA!




vou ali deixar um livro e já volto!
*
o post da Luma explicando como funciona é muito lindo

10 comentários:

Dilberto L. Rosa disse...

A ideia é boa, mas eu sigo a enfileirá-los na minha estante: sempre volto a um deles, de alguma forma... E acumulo muitas coisas: livros, revistas, miniaturas colecionáveis... Sou um colecionador nato, rs! Feliz... Ou infelizmente! Abração, minha cara!

Luma Rosa disse...

Luci, obrigada por divulgar o BookCrossing Blogueiro!! Um evento que me traz satisfação, afinal, dividimos para somar!

Adiantando que já marquei a 4ª Edição que acontecerá entre os dias 16 e 23 de Abril de 2012.

Espero contar com a sua presença!!

Bom feriado!
Beijus,

Camille disse...

Oi amiga? Participou? Eu gostei de participar.
Beijos!

Dilberto L. Rosa disse...

E, como colecionador nato, venho a convidar-te a cheirar pó de traças de meu novo 'post'! Meu abraço!

Luma Rosa disse...

Passando e deixando beijus...

Dilberto L. Rosa disse...

Segues atrasadinha... Pelo menos nos Morcegos, segues assim...

P.S.: no FB viste minha confusão? Acabei pensando que não havias ido aos Morcegos e lá já estavas, apondo-te duas vezes seguidas... Mas foi bom - na verdade, foi só para ter certeza que a Luci daqui era a mesma de lá (depois vi que era... e duas vezes seguidas, rs)!

Dilberto L. Rosa disse...

E continuas atrasada, não? Atrasadíssima em postar algo novo e ainda mais atrasadinha ainda em visitar os Morcegos: por lá há uma crônica gigante a esperar por ti...

Regina Rozenbaum disse...

Não conseguiria escrever uma mensagem para cada um, mas querendo que receba meu carinho e gratidão por mais esse ano de amizade e convivência deixo aqui meus desejos


Quisera
neste Natal
armar uma
árvore dentro do
meu coração e nela
pendurar, em vez de
presentes, os nomes de
todos os meus
amigos. Os amigos de longe e
os de perto. Os antigos e os mais
recentes. Os que vejo a cada dia e os
que raramente encontro. Os sempre lembrados
e os que as vezes
ficam esquecidos. Os
constantes e os intermitentes.
Os das horas difíceis e os das horas
alegres. Os que sem querer magoei ou,
sem querer me magoaram. Aqueles a quem
conheço profundamente e aqueles que me são
conhecidos apenas pelas aparências. Os que pouco
me devem e aqueles
a quem muito devo. Meus
amigos humildes e meus amigos
importantes. Os nomes de todos os
que já passaram pela minha vida. Uma
árvore de raízes muito profundas, para que
seus nomes nunca mais sejam arrancados do
meu coração. De ramos muito extensos, para que
novos nomes, vindos de todas as partes, venham juntar-se
aos existentes. De sombra
muito agradável, para que nossa
amizade seja um momento de repouso,
nas lutas da vida. Que o natal esteja vivo em cada dia
do ano novo que se inicia, para que as luzes e cores da vida
estejam presentes em toda a nossa existência e concretizem, com
a ajuda de Deus, todos os nossos desejos. Feliz Natal!
Feliz Natal!
Feliz Natal!
Feliz Natal! Feliz Natal!


QUE A HARMONIA, O SENTIMENTO DE SOLIDARIEDADE E COMPAIXAO, O RESPEITO E AS ALEGRIAS DESSA ÉPOCA DO ANO SE SOLIDIFIQUEM NO MAIS PURO AMOR, ENCHENDO DE LUZ TODOS OS CORAÇOES...
E QUE ESSA LUZ ALCANCE TUDO E TODOS... MUITA PAZ!
Com amor
Regina

Luma Rosa disse...

Luci, o natal já se foi, mas espero que o espírito do natal permaneça em seu coração, te trazendo paz e alegrias por todos os dias do novo ano que desponta no horizonte!!
Boa semana!! Beijus,

tereza disse...

Muito interessante o seu blog.