27 fevereiro, 2011

LEMBRANÇAS

ontem (na verdade já era hoje) fui dormir com britney spears cantando na minha cabeça.
não me pergunte como, mas foi!
acordei e ela tinha ido embora, graças aos céus!
ai fui ouvir cantos gregorianos (pra limpar a nhaca deixada pela BS)
as bachianas
yo yo ma
encontrei Sinatra no oscar do Cary Grant
(sim, eu assisti de novo An affair to remember e chorei outra vez)
e foi ai que eu lembrei que tinha um email da AQ
falando do amigo-passarinho-que-foi-voar-na-eternidade...
vez em quando ele voa aqui perto
me faz rir
me faz chorar
ouve as musicas
vê os filmes
- quando eu institui Richard Gere como muso oficial do 100querer
ele escolheu Nicole Kidman para o EQ
(será que alguem da familia dele guardou a foto autografada
que o amigo da Globo pediu a ela quando fez a entrevista para o Fantástico?)
o que será que ele diria hoje, ao ver NK botocada?
dariamos boas risadas, certamente,
igual ao dia que ele me contou que jantou com Richard Gere!
ele não respira o mesmo ar que nós
mas nós escutamos o seu coração
batendo junto com o nosso
nas lembranças de 100pre

*
bom domingo, querentes!

Um comentário:

Emoções disse...

Poetas, não se intitulam apenas poetas...
São seres estranhos, diferentes.
Possuidores de melancolia pungente
Nascem com o dom das palavras

A maldição do sentir extremado
Do sofrer demasiado
Do viver o sonho de amor
Com lancinante e extrema dor

Não sabem amar suave e sereno
Amam com todo o âmago, ao extremo.
Dedicam-se assim, por dias, noites,
Meses e anos sem fim

Mas como a vida é feita de escolhas
E na indiferença, na troca, sentem o desamor,
Mesmo compondo os mais belos versos
Inspirados que estão em seu espírito sofredor

Optam por parar de querer,
O que jamais poderão ter.
E como suas almas são predestinadas,
A escrever, escrever e mais nada,

Buscam nova inspiração,
Novas rimas, outra canção.
O poder do amor, um novo alguém,
Uma nova jornada!